OUÇA PELA RÁDIO DIFUSORA DE ITUMBIARA "PLANTÃO POLICIAL" APRESENTAÇÃO JULIANO MORAIS !!!!!!!!
Home » » Cantor sertanejo é suspeito de abuso sexual

Cantor sertanejo é suspeito de abuso sexual

Postado Por: Web Rádio Cidade Gospel As sábado, 6 de julho de 2013 | 16:59:00


O cantor goiano Marcelo, que integra a dupla sertaneja João Lucas e Marcelo, conhecida em todo Brasil pela canção “eu quero tchu, eu quero tcha”, ritmo que fez parte da trilha sonora da novela Avenida Brasil (TV Globo), é suspeito de abuso sexual contra uma garota de 14 anos na cidade de Barreiras-BA. A denúncia contra o artista foi realizada pelo tio da menina, que afirma que ela esteve no quarto de Marcelo após um show da dupla realizado na Exposição Agropecuária de Barreiras (ExpoBarreiras 2013). A menina, no entanto, negou em depoimento à polícia que tenha tido relação sexual com o sertanejo e que esteve no quarto por quis.
De acordo com o delegado que cuida do caso, Francisco Sá, a menina estava acompanhada de alguns outros fãs da dupla e após o show aguardava para encontrar os cantores. Em depoimento, a menina disse que Marcelo mandou chamá-la até uma van, onde ela entrou por espontânea vontade e que dali foram até o hotel em que a dupla estava hospedada. “Ela disse que a duração do trajeto até o hotel foi de cerca de 15 minutos e chegando lá, foram até o quarto, só ela e o Marcelo, onde ficaram sozinhos por cerca de 40 minutos”, disse Sá.
Ainda à Polícia, a menina disse que no quarto os dois trocaram carícias audaciosas. “Ela afirma que eles trocaram beijos e carinhos na partes íntimas, mas que não chegou a acontecer a penetração ou sexo oral”, explicou Francisco de Sá. O tio da menina que fez a denúncia não concorda com versão da garota. “Tem que saber a verdade”, informou em entrevista ao portal de notícias G1.
O delegado disse que abriu inquérito baseado no artigo 244-A do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), apurando possível favorecimento à prostituição ou abuso sexual. A menina já passou por exame de corpo de delito para constatar a conjunção carnal, mas avisou o delegado no momento em que foi informada que teria que fazer o exame que tinha tido relação sexual com outra pessoa no mesmo dia. 
“Quando a Polícia Militar esteve no hotel, o Marcelo não estava mais lá. Ouvimos a assessora da dupla, que inclusive estava na van, que negou que a menina tenha subido no quarto no hotel, no entanto, ela reconheceu que a garota esteve na van”, disse o delegado. Francisco irá ouvir, na próxima semana, o motorista do veículo que transportava a equipe da dupla, os recepcionistas do hotel e também requisitar imagens das câmeras de segurança do hotel.
Somente após as outivas e analisar as imagens das câmeras de segurança, é que Francisco Sá  ouvirá o cantor Marcelo. A previsão é que o inquérito seja finalizado em até 30 dias.
A reportagem do Diário da Manhã tentou entrar em contato por telefone, na tarde e noite de ontem, com três empresários da dupla, mas as ligações caiam na caixa de mensagem. No escritório da produtora One Play, em Goiânia, responsável pela dupla, uma funcionária disse que uma coletiva para explicar o caso seria marcada, mas não soube informar data e horário. Em entrevista a TV Oeste, reproduzida pela G1, uma assessora disse que iria esperar as investigações para se pronunciar.
Compartilhe este artigo: :

0 comentários :

Indique um amigo!

Usuarios ONLINE

contador gratuito de visitas

.

.

.

.

.

.

FRANGO BOM

FRANGO BOM

Departamento de Jornalismo

Departamento de Jornalismo
RÁDIO DIFUSORA 950 AM

ITUMBIARA 2016

ITUMBIARA 2016

.

.